Critica Cinedestak: Velocidade Furiosa 6

Velocidade-Furiosa-6-poster-nacional-1Normalmente em Hollywood todas as sagas ao fim de segundo ou terceiro filme é necessário reinventar toda a saga, mas o principal de uma saga é a sua essência, a sua origem.

No Velocidade Furiosa 6 parece acontecer isso mesmo, o regressar as origens com diversas referências a personagens e situações dos primeiros filmes, assim é necessário ter uma certa memória dos filmes anteriores.

Desde que Dom e Brian fizeram o golpe no Rio de Janeiro, que rendeu 100 milhões de dólares à equipa, o grupo espalhou-se pelo globo. Mas a impossibilidade de voltarem a casa e estarem sempre em fuga deixou-lhes uma vida incompleta. Entretanto, Hobbs tem perseguido por 12 países uma organização de letais condutores mercenários, cujo líder um novo e ameaçador oponente, o misterioso e cheio de recursos Shaw (Luke Evans) e que o seu braço direito é a Letty o eeterno amor de Dom. A única forma de parar esta máquina criminosa é vencê-los nas ruas, por isso Hobbs pede a Dom para reunir a sua equipa de elite em Londres.

Com esta história como principio, o argumento do filme respeita muito bem os filmes anteriores, mas começa-se a notar uma certa diferença dos filmes iniciais, já não é só aquelas corridas de rua, carros de tunning, perseguições da polícia, agora entra explosões, cenas de luta e passagem por diversos países (neste caso Londres, Rússia, Espanha) á semelhança de outros filmes de ação.

Velocidade-Furiosa-6-critica-foto-1

O filme apresenta cenas de ação muito boas, mas por vezes exageradas, cenas de luta muito bem encenadas e talvez as senhoras mais “rijas” do cinema que proporcionam cenas de luta muito boas como é o caso das personagens de Gina Carano e Michelle Rodriguez.

O vilão do filme protagonizado por Luke Evans está competente, tornado-o no pior vilão da  saga sempre com um ar bastante ameaçador durante todo o filme.

Durante todo o filme as cenas de humor estão presentes, outro pormenor que foge do resto da saga, principalmente protagonizadas por o ator Tyrese Gibson.

Velocidade-Furiosa-6-critica-foto-2

No último filme a palavra “familia” já estava bastante presente, mas neste com o regresso do amor de Dom a Letty está ainda mais presente com uma grande preocupação por todos os membros.

Em suma é um filme que resulta bem, respeita os filmes anteriores, cheio de ação, momentos de humor com um bom elenco um excelente vilão e mostra que a familia Toretto continua veloz mas  também que a fúria está mais calma.

Classificação final: ★ ★ ★ ★ ★

Ficha Técnica

Título original: Fast & Furious 6

Produtora: Original Film, One Race Films

Realização: Justin Lin

Elenco: Dwayne Johnson, Vin Diesel, Paul Walker, Luke Evans, Michelle Rodriguez, Elsa Pataky

Género: Ação

Duração: 130 min.

Classificação: M12

Estreia nacional: 23/05/2013

Notícias Relacionadas:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *